Garota Ilusão

Olhos semi-cerrados, cabelos ao vento; o corpo molhado. Nas margens d’um rio caldaloso o suspiro dengoso. Aos pés de seu moço sacia-se no lacto fluído dos prazeres.

Cativo conduzi-o; seu coração com inúmeras carícias iludiu.

Levantou-se à aurora, inda púbere; vadiando pelas margens. Depois, tal qual miragem, simplesmente sumiu.

© Airan F. Tuzla

1 comentário Adicione o seu

  1. kutukamus disse:

    A mirage
    With [probably] a hidden message 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s