Rosas do Amanhecer

Ao nascer do sol ouve-se o canto do rouxinol. Quando a luz clareia a cidade, vejo o povo lado a lado lutando por paz e igualdade.

Eis, então, um menino que vai à praça e contempla uma rosa que emana um cheiro suave; era uma bela manhã, o sol acabara de raiar, e aquele menino diante de uma tão bela rosa começara a se encantar.

– Rosa mui linda; rosa encantada!

Toda vez que estiveres triste e despertares com o coração a sofrer, caminhe até o jardim da praça do amor e sinta o mais puro sabor – o olor das rosas do amanhecer!

By Rafael Kaiet.

Menina Ilusão

Olhos semi-cerrados, cabelos ao vento, o corpo molhado. Nas margens d’um rio caldaloso o suspiro dengoso; aos pés de seu moço sacia-se no lacto fluído dos prazeres.

Cativo conduzi-o; seu coração, com inúmeras carícias iludiu.

Levantou-se à aurora, inda púbere, vadiando pelas margens. Depois, qual uma miragem, simplesmente sumiu.

By Rafael Kaiet.